CREMERJ promove reunião com coordenador da CER Leblon

04/11/2015


Os problemas constatados em recentes fiscalizações, realizadas pelo CREMERJ, na Coordenação de Emergência Regional Professor Nova Monteiro (CER Leblon), foram a pauta da reunião ocorrida entre os representantes do Conselho e Fernando Rogério Vasconcelos, recentemente contratado como coordenador de emergência da unidade, no dia 26 de outubro, na sede do CREMERJ.
 
Na ocasião, o vice-presidente do Conselho, Nelson Nahon, e o conselheiro Gil Simões salientaram que a drástica redução no número de médicos do hospital resulta em muitas dificuldades no atendimento ao público. “Em um ano estivemos na unidade três vezes. Em uma delas, verificamos que havia apenas um profissional para atender 21 doentes na sala amarela, cuja capacidade é de 11 leitos. Também encontramos sete pacientes na sala de procedimentos, onde não deveria ter nenhum”, afirmou Gil Simões, que ainda citou a redução do quadro de profissionais de saúde, como fisioterapeutas e nutricionistas, e a suspensão da fonoaudiologia no CTI.
 
Segundo o coordenador do CER, a contratação de médicos de rotina já foi aprovada pela Organização Social (OS) responsável, a Sociedade Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM). “A princípio, vou tentar melhorar o fluxo das salas. Depois vou fazer a interlocução entre os profissionais e a SPDM, em relação a recursos humanos, para então implementar protocolos e rotinas”, alegou Fernando, agradecendo a preocupação do CREMERJ em discutir as reais necessidades da unidade.
 
Nelson Nahon encerrou a reunião com sugestões para melhorar o fluxo de saída da CER. “É fundamental que haja um bom diálogo entre os médicos e a OS, com vistas a melhorias na situação do hospital como um todo”, afirmou Nahon.