Cerimônia homenageia os 40 anos da Saerj e o Dia da Anestesia

27/10/2015


Solenidade realizada na quinta-feira, 15, no auditório do CREMERJ, marcou a celebração de duas datas importantes para a categoria médica: o 40º aniversário da Sociedade de Anestesiologia do Estado do Rio de Janeiro (Saerj) e o Dia da Anestesia, comemorado em 16 de outubro. 

O conselheiro responsável pela Câmara Técnica da especialidade no CREMERJ, Marcos Botelho, e o coordenador Luiz Fernando Saubermann representaram o Conselho no evento, que também contou com a palestra do presidente da Confederação Latino Americana de Sociedades de Anestesiologia (Clasa), Carlos Eduardo Nunes.

"A medicina evoluiu muito após a criação da anestesiologia. Hoje, a anestesia é um procedimento seguro, que garante ao paciente ausência de dor para que o médico possa desempenhar o seu trabalho com tranquilidade. Além de prestar uma justa homenagem aos colegas, queremos reforçar o nosso compromisso de oferecer a população um atendimento médico de qualidade e lutar por condições de trabalho dignas para a nossa categoria", afirmou Botelho.

Na apresentação “Mudamos a medicina. E agora?”, Carlos Eduardo Nunes ressaltou a importância da anestesia para os procedimentos médicos desde a sua criação, relembrou como surgiu a ciência que modificou o rumo da medicina e explicou o porquê da escolha do dia 16 de outubro para homenagear a especialidade, além de comentar temas atuais, como a relação entre médicos e pacientes e o dia a dia dentro das unidades de saúde.

Em seguida, a primeira secretária da Saerj, Angélica Abrão, iniciou as homenagens a cinco colegas que se destacaram com altruísmo e dedicação à Sociedade: Carmen Baptista dos Santos e José Costa, pelo longo período dedicado ao ensino da anestesiologia, Roberto Carvalho Brandão e Natan Treiger, pela participação na fundação da Saerj, e Ícaro Roldão Chaves de Barros, pela sua luta ao liderar um movimento que trouxe independência e dignidade na cobrança justa dos honorários.