Cocem: quatro comissões de ética tomam posse

16/10/2015



Durante a reunião da Coordenação das Comissões de Ética Médica (Cocem) realizada nessa terça-feira, 13, na sede do CREMERJ, quatro comissões de ética médica tomaram posse. As unidades participantes foram: Instituto Estadual de Cardiologia Aloysio  de Castro, Instituto Brasileiro de Oftalmologia – IBOL Botafogo, Instituto Estadual do Cérebro Paulo Niemeyer e Hospital Municipal Miguel Couto.

Coordenador da Cocem, o diretor Serafim Borges falou sobre a independência das comissões de ética médica. "Em hipótese alguma as comissões são constituídas para fiscalizar o desempenho do dia a dia do hospital, e sim para mediar a relação entre os médicos e colaborar para o crescimento da qualidade assistencial das instituições."
 
Ele também reforçou o convite para os eventos que o Conselho promoveria, como o com os diretores técnicos de diversas unidades de saúde do Estado, para a entrega da 7ª edição do Manual do Diretor Técnico, e o do Dia do Médico, na Praia de Copacabana.
 
Já diretora do CREMERJ Erika Reis aproveitou o encontro para comentar a repercussão na imprensa sobre a carreira de médico emergencista, que recentemente foi regulamentada pela Associação Médica Brasileira (AMB), pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) e pela Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM).  "Já temos 12 programas inscritos para 2016. Temos vagas financiadas pelo MEC e pelo Ministério da Saúde de residência em emergência, mas, infelizmente, nenhuma no Rio de Janeiro."
 
Para o conselheiro Armindo Fernando da Costa, a regulamentação só reforça a luta do Conselho pela valorização da capacitação dos profissionais. "Consideramos essa especialização muito importante para o bom atendimento ao paciente que chega às emergências."

Os presentes na reunião assistiram à palestra “Aspectos do Código de Ética Médica no Dia a Dia do Médico”, ministrada pelo conselheiro Sidnei Ferreira, também conselheiro federal. Ele abordou alguns dos 25 princípios fundamentais do exercício da medicina, além de citar as normas diceológicas e deontológicas dos médicos. "Acredito que as normas escritas são favoráveis, pois protegem o paciente e o próprio médico. O nosso objetivo com essa discussão de hoje é prevenir possíveis problemas."
 
Temas como o sigilo médico, a importância da boa formação nas universidades e a relação de confiança entre médicos e pacientes também foram amplamente debatidos, além da resolução CFM nº 2.126/2015, relacionada à propaganda médica, que tem como objetivo principal fixar parâmetros para evitar o apelo ao sensacionalismo ou à autopromoção.
 
Após a apresentação, os colegas tiraram dúvidas acerca do funcionamento das comissões e dividiram experiências sobre situações ocorridas em suas unidades.
 
Ao final do encontro, a diretora Erika Reis ressaltou a atuação do programa CREMERJ Presente, que visita diferentes unidades de saúde do Rio de Janeiro com o objetivo de conversar com os colegas e promover uma maior aproximação entre a categoria médica.
 
Também estavam presentes na reunião o diretor José Ramon Blanco e a assessora jurídica Katia Oliveira.

A próxima reunião da Cocem será no dia 10 de novembro, na sede do CREMERJ.
Confira abaixo as comissões recém-empossadas, cujos mandatos seguem até 13 de outubro de 2018:

Instituto Estadual de Cardiologia Aloysio  de Castro – Membros eleitos para o nono mandato:
Efetivos: Silviano Figueira de Cerqueira, Salvador Manoel Serra, Washington Andrade Maciel e Claudio Roberto Cavalcante Assumpção
Suplentes: George Leilo Alves de Almeida, Reinaldo Mattos Hadlich, Bruno Hellmuth e Maria Cristina de Carvalho Petrosemolo

Instituto Brasileiro de Oftalmologia – IBOL Botafogo – Membros eleitos para o primeiro mandato:
Efetivos: Bernardo Toshio Nakamura, Andrea Araújo Zin e Renato Corrêa Souza de Oliveira
Suplentes: André Pereira Soares Maia, Michel Klejnberg e Paula Kaori Nakamura

Instituto Estadual do Cérebro Paulo Niemeyer – Membros eleitos para o primeiro mandato:
Efetivos: Jesuíno Ramos Filho, André Accioly Guasti, Gerson Carreiro Tavares e José Eduardo de Oliveira Lobo
Suplentes: Elias Antônio Tanus Machado, Leandro Kasuki Jomori de Pinho, Silvia Thees Castro e Rosiane da Silva Fontana

Hospital Municipal Miguel Couto – Membros eleitos para o décimo primeiro mandato:
Efetivos: Sylvio Francisco dos Santos Filho, Alberto Rocha da Silva Almeida, Marcelo Muniz Lamberti e Cristiano Curcio Chame
Suplentes: Renata de Freitas Fachada, Luiz Geluda, Adrianne da Silva Brandão Pozzato e Jayme Ramos de Almeida Filho