Abrames realiza cerimônia no CRM para empossar novo acadêmico

10/08/2015


O presidente do Sindicato dos Médicos do Rio de Janeiro (Sinmed-RJ), Jorge Darze, tomou posse na Cadeira 39 da Academia Brasileira de Médicos e Escritores (Abrames), em cerimônia realizada sexta-feira, 7, no auditório Charles Damian, do CREMERJ. O Conselho foi representado pelo secretário-geral Serafim Borges, que cumprimentou e parabenizou o novo acadêmico em nome da direção do CREMERJ.

Jorge Darze traçou um paralelo entre a história da Abrames, fundada em 1987, com a redemocratização do Brasil e o processo de elaboração da atual Constituição, promulgada em 1988.

“Passamos a ter a Saúde como direito do cidadão e dever do Estado brasileiro, um projeto avançado de saúde pública e um dos mais importantes do planeta. Os médicos tiveram um papel preponderante nesse momento da vida nacional, contribuindo ativamente na promulgação da Carta Magna”, afirmou, acrescentando que os médicos também tiveram papel relevante durante a ditadura militar e que alguns, inclusive, perderam a vida em defesa da democracia.

Além do novo acadêmico, compuseram a mesa a presidente da Abrames, Juçara Valverde; seu vice-presidente Antônio Gutman; e o primeiro-secretário da entidade, Tito Fialho.

Estiveram presentes, entre outros, o representante da Federação Nacional dos Médicos (Fenam), Márcio Bichara; o presidente da Associação Médica do Estado do Rio de Janeiro (Somerj), José Ramon Blanco – também conselheiro do CREMERJ –; o deputado federal Miro Teixeira; e os diretores do Sinmed-RJ Eraldo Bulhões, Sara Padron, Rosa Domeni e Ronaldo Alves.

A Abrames é composta de 50 cadeiras, sendo seus patronos ilustres médicos escritores, vários deles pertencentes à Academia Nacional de Medicina e à Academia Brasileira de Letras.