Entidades médicas se reúnem com secretário do Planejamento

08/07/2014


Em reunião com o secretário do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão,  Sérgio Mendonça, nessa quarta-feira, 2, em Brasília, os presidentes do CREMERJ, Sidnei Ferreira; e do Sinmed-RJ, Jorge Darze, discutiram questões relacionadas aos médicos federais, com destaque para a Gratificação de Desempenho da Carreira da Previdência, da Saúde e do Trabalho (GDPST), suspensa desde 2012. O encontro se deu por uma determinação da própria ministra da pasta, Miriam Belchior, após uma reunião com o deputado Alessandro Molon (PT-RJ).
 
Sérgio Mendonça se comprometeu a se reunir com a ministra assim que possível para avaliar os procedimentos legais para o repasse das verbas das gratificações, para que sejam incluídas no orçamento da União de 2015.
 
De acordo com Molon, que também participou da reunião no Ministério, Miriam Belchior se mostrou receptiva às reivindicações dos médicos.
 
Sidnei Ferreira destacou que as entidades médicas já se reuniram duas vezes com o ministro da Saúde e três vezes com a Secretaria Executiva do Ministério da Saúde para tratar da gratificação e do sucateamento das unidades de saúde federais.
 
O presidente do CREMERJ ressaltou que a situação da gratificação já fora debatida com a presidente Dilma Rousseff, e que, à época, ela pediu ao ministro da Saúde Alexandre Padilha que resolvesse o caso.
 
“Estamos lutando incessantemente pelo retorno imediato do pagamento das gratificações por desempenho, porque os colegas estão nessa situação injusta e inexplicável há mais de dois anos”, declarou.