Médicos federais decidem aderir à greve do servidor público

18/02/2014


Médicos federais deliberaram aderir à greve dos servidores públicos, que começou há cerca de três semanas, organizada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho e Previdência Social do Estado do Rio de Janeiro (Sindsprev), durante assembleia, nessa segunda-feira, 17, no auditório do Sindicato dos Médicos do Rio de Janeiro (Sinmed-RJ). A adesão ao movimento será iniciada oficialmente na sexta-feira, após o Sinmed-RJ enviar comunicado ao Ministério da Saúde.

A próxima assembleia será no dia 10 de março, às 19h30, no auditório Júlio Sanderson, na sede do CREMERJ.

Também participaram do encontro o presidente do CREMERJ, Sidnei Ferreira; os conselheiros Pablo Vazquez, Erika Reis, Serafim Borges e Gil Simões; a presidente da Associação Nacional dos Médicos Residentes (ANMR), Beatriz Costa; o presidente da Associação dos Médicos Residentes do Estado do Rio de Janeiro (Amererj), Diego Puccini; e representantes do Sinmed-RJ e Sindsprev.