Médicos promovem mobilização em defesa da saúde pública

16/12/2013


Médicos promoveram um ato público em defesa da saúde pública nessa terça-feira, 10, em frente ao Hospital Municipal Souza Aguiar. Os manifestantes também criticaram a intenção do governo federal de privatizar a saúde – ao permitir que hospitais sejam geridos por Organizações Sociais (OSs) e fundações –, a falta de recursos humanos, a superlotação das emergências, o sucateamento das unidades, o fechamento de serviços e as péssimas condições de trabalho.
 
O ato público recebeu o apoio do CREMERJ, Sindicato dos Médicos do Rio de Janeiro, Sindicato dos Trabalhadores da Saúde, Trabalho e Previdência Social do Estado do Rio de Janeiro (Sindsprev-RJ), além de outras entidades médicas, de saúde e sociais.
 
O diretor do CREMERJ Pablo Vazquez compareceu à mobilização e defendeu a realização de concursos públicos com salários dignos e carreira de Estado para os médicos.