CREMERJ participa de evento sobre a abordagem do infarto

06/12/2013


A primeira apresentação dos “Resultados da Abordagem do Infarto Agudo do Miocárdio no Estado do Rio de Janeiro”, que aconteceu nessa quarta-feira, 4, no Instituto Estadual de Cardiologia Aloysio de Castro (Iecac), contou com a presença dos conselheiros do CREMERJ Erika Reis, Serafim Borges e Aloísio Tibiriçá. Durante o encontro, foram destacados os problemas em torno do ataque cardíaco da população mundial, angioplastia primária e os procedimentos necessários na transferência dos pacientes atendidos nas Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs) para os centros especializados. 
 
O diretor do Iecac, Antonio Ribeiro Neto, explicou que o infarto do miocárdio é uma doença de prevalência mundial. Por isso, segundo ele, o Iecac pretende chamar a atenção para a sua incidência, com o objetivo de salvar vidas.
 
“Nossa cidade não deve ser reconhecida apenas por sua beleza. Necessitamos ser cada dia melhores na saúde pública também. O ponto primordial é mudar o número de óbitos no Rio de Janeiro ocasionados por problemas relacionados ao coração”, acrescentou.

O conselheiro do CREMERJ e vice-presidente do Conselho Federal de Medicina (CFM), Aloísio Tibiriçá, ressaltou, a partir dos dados apresentados pelos palestrantes, que o Instituto caminha rumo ao desenvolvimento e à melhoria do atendimento dos pacientes cardíacos.
 
“Cada um tem papel fundamental na contribuição desse avanço para implantar a linha de cuidados cardiológicos no Estado do Rio de Janeiro”, afirmou. 
 
Também proferiram palestras os especialistas Marcio Montenegro, Aline Esther e Claudia Cantanheda.