Celebração do Dia do Médico da AMF reúne 500 pessoas

29/10/2013


A Associação Médica Fluminense  (AMF) celebrou o Dia do Médico com uma festa nessa sexta-feira, 25, que reuniu cerca de 500 pessoas. Tarcisio de Azevedo, Thereza Christina de Miranda, Spartaco Bottino e Lutegarde de Freitas foram homenageados como destaques do ano na área médica.

Presente à solenidade, o presidente do CREMERJ, Sidnei Ferreira, salientou que tem uma forte relação com Niterói e que acompanha as ações da AMF desde que se formou pela Universidade Federal Fluminense (UFF).

Ele também enfatizou a necessidade de uma medicina de qualidade para toda a sociedade, independentemente de sua situação financeira.

"Todos têm direto a uma medicina digna e honesta. Entretanto, com essa política eleitoreira implantada pelo governo, através do programa Mais Médicos, a saúde da população é secundarizada, e os médicos brasileiros são agredidos. Mas nós estamos lutando contra todas essas medidas irresponsáveis. A nossa medicina  é uma das melhores do mundo e só não é melhor por falta de apoio e investimentos da administração federal", afirmou.

O presidente da AMF, Benito Petraglia, lembrou que 2013 foi um ano difícil, mas muito importante, porque todos os médicos estão mais conscientes de suas lutas.

Os conselheiros Alkamir Issa, José Ramon Blanco (presidente da Somerj) e Marília de Abreu (presidente da Sociedade de Medicina e Cirurgia do Rio de Janeiro) também participaram do evento.

 

                                                                     Na foto, a diretora Sócio-Cultural da AMF, Zelina Caldeira, Sidnei Ferreira e Benito Petraglia