Aos médicos e à população

17/05/2013



O CREMERJ repudia veementemente a proposta do governo federal de importar médicos estrangeiros para trabalharem nas unidades de saúde pública do país, alegando não haver médicos suficientes no Brasil e desrespeitando as leis.

Temos, sim, médicos no país, inclusive em número superior ao determinado pela Organização Mundial da Saúde.  O que não há são concursos públicos com salário dignos e carreira de Estado.

Entidades médicas de todo o Brasil, estudantes de medicina e população não admitem a entrada ilegal e desnecessária de médicos estrangeiros.

O CREMERJ não vai compactuar com essa ideia absurda e não registrará médicos no Estado que não cumpram a lei vigente no país. Exercer a medicina sem registro nos conselhos regionais fere a lei 3.268/1957 e é exercício ilegal da profissão nos termos do artigo 282 do Código Penal. Assim sendo, não vamos aceitar colocar a saúde dos brasileiros em risco.

As entidades médicas estão agindo sob todos os meios legais para coibir a proposta do governo.

O médico brasileiro vale muito!