Clipping - Corrida contra o tempo para abrir novos leitos em hospitais

O Dia /

15/04/2020


À medida que a Covid-19 avança no Estado do Rio, o poder público corre contra o tempo para abrir novos leitos em hospitais. Segundo a Secretaria de Estado de Saúde (SES), até a noite de ontem, a taxa de ocupação por pacientes infectados pela Covid-19 no Estado do Rio estava em 48% em leitos de enfermaria e 71% em leitos de UTI. Há uma semana, as taxas eram de 41% e 63%, respectivamente.

Atualmente, segundo a SES, há 2.541 leitos de enfermaria e outros 214 de UTI disponíveis no estado. Ainda de acordo com a secretaria, serão disponibilizados mais 3.414 leitos na capital, Região Metropolitana e no interior. Desses, dois mil serão leitos em hospitais de campanha, todos com previsão de entrega no fim deste mês.

A SES informa que os leitos de campanha serão distribuídos da seguinte maneira: 400 no Complexo do Maracanã; 200 em São Gonçalo; 200 ao lado do Hospital Adão Pereira Nunes, em Duque de Caxias; 200 no Parque dos Atletas, em Jacarepaguá; 200 no terreno do 23º BPM, no Leblon; 500 no Aeroclube de Nova Iguaçu; 100 em Campos dos Goytacazes, no Centro; 100 no Hospital Regional Gélio Alves Faria, em Casimiro de Abreu, e 100 em Nova Friburgo.

A secretaria reforça que, para evitar um colapso na rede de saúde, a população deve ficar em casa e seguir as recomendações de isolamento, proteção e de higiene.