Clipping - Se não tratada, artrite leva até a incapacidade

O Dia / Saúde

19/03/2019


Doença atinge 1,5% da população e uma média de 55% dos pacientes têm diagnóstico tardio

 

Uma das  figuras mais emblemáticas no mundo do sam-ba, o músico Bira Presidente, está de licença do grupo Fundo de Quintal. Recentemente, o pandeirista foi diagnosticado com artrite nas mãos, inflamação das articulações que gera sintomas como dor, deformidade e dificuldade no movimento, que ainda não tem cura. O mesmo problema afeta o jogador de futebol americano Todd Gurley. Segundo a assessoria do Los Angeles Rams, a artrite foi confirmada no joelho esquerdo do atleta. De acordo com a Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR), estima-se que 1,5% da população seja afetada pela artrite. Aproximadamente 55% dos pacientes têm diagnóstico tardio, o que pode levar à incapacidade física e funcional.

São mais de 100 tipos diferentes. Entre elas, a reumatoide, comum nas pequenas articulações das mãos e dos pés. A séptica, causada por bactérias, fungos ou vírus, que leva à formação de pus no interior da cavidade articular. A artrite psoriática atinge ligamentos e tendões. Já a gotosa (gota), acomete as articulações e ocorre quando a taxa de ácido úrico no sangue está acima do normal. E a artrite reativa, que surge logo após uma in- fecção urinária ou gastrointestinal. Afeta principalmente joelhos, tornozelos e pés.

Embora, nos dois casos apresentados, o tratamento já tenha sido iniciado, por meio de fisioterapia e o uso de medicamentos, ainda não há previsão para o retorno aos seus respectivos palcos. No início da semana, o sam- bista fez um comunicado em suas redes sociais informando sobre seu afastamento temporário. “Meus amigos, estou em tratamento médico e sigo acompanhado por reumatologistas e fisioterapeutas. Logo logo estarei de volta, pois o show tem que continuar”, escreveu Bira.Com um estilo único de tocar o pandeiro (com mãos elevadas à altura do tórax), o eterno presidente do Cacique de Ramos, completa 82 anos na próxima sexta-feira. De acordo com especialistas, é comum que nessa idade, muitas pessoas apresentem casos de artrite. Também conhecida como osteoartrite, a doença pode ser causada por um traumatismo, excesso de peso, desgaste natural da articulação ou devido a uma alteração no sistema imune de pessoas que tenham pre- disposição genética favorável à doença. Por telefone, o músico frisou a importância dos cuidados com a saúde. “Faço academia, já pratiquei boxe e jiu-jitsu, sempre me cuidei. Isso é um problema ao qual todos estamos sujeitos. Estou recebendo todos os cuidados e já iniciei a fisioterapia. Como é um problema que atingiu minhas mãos, precisei me afastar por um período”, disse.

Já no caso do jogador norte americano, eleito um dos melhores da temporada 2017 da NFL, a situação pode ser mais complicada. Recentemente, Gurley teve o mesmo joelho lesionado e poderá passar por uma intervenção cirúrgica.

Além da dor, os principais sintomas da artrite são: inchaço nas articulações, redução na capacidade de mo- vê-las, vermelhidão da pele ao redor da articulação, rigidez e aquecimento ao redor da articulação. Em geral, seu tratamento é feito com medicamentos, fisioterapia e exercícios, mas, em alguns casos, pode-se recorrer à cirurgia.

De acordo com o ortopedista Marcelo Serrão, a fisioterapia é indicada por mobilizar a articulação. “É ideal por evitar a rigidez. Além disso, uma boa medida é o uso de calor local, principalmente na musculatura, em formas de compressa. Já na articulação, é preciso cuidado com o calor. Em caso de inchaço este procedimento deve ser evitado. Caso nada disso resolva, será necessário lançar mão de medicação receitada pelo médico”, explica.