Clipping - Artes marciais indicadas para crianças a partir de 4 anos

Extra / Bem viver

11/02/2019


Modalidades costumam passar valores como respeito e disciplina para os pequenos

 

Ao decidir matricular os filhos em alguma atividade física, a maioria dos pais pensa em futebol ou balé. Mas existem várias outras modalidades que podem contribuir para a saúde da criança e passar para ela valores como respeito e disciplina, além de diminuir as chances de obesidade infantil. Os vários tipos de artes marciais são um exemplo, que podem ser praticadas por crianças a partir de 4 anos.

— Ainda existe esse medo por parte dos pais porque há algum preconceito que cerca todas as modalidades de lutas, principalmente de incentivar a violência. Mas na verdade, o que acontece é o contrário. Nas aulas, os alunos aprendem a respeitar a hierarquia e a controlar o seu instinto. O resultado é uma maior autoestima, o alívio da insegurança e da timidez excessiva — afirma Luciano Moreira, profissional de educação física e membro da comissão de profissionais do Conselho Regional de Educação Física (Cref 1).

Antes de matricular uma criança em qualquer tipo de esporte, é preciso apresentar a elas quais são as modalidades disponíveis, para que o pequeno escolha de acordo com o seu interesse.

— Para fazer a criança render em uma arte marcial, os pais devem perceber do que ela gosta de brincar. Criança tem que ter prazer no que está fazendo, do contrário, cria um trauma. Deixar a criança falar o que quer fazer é a melhor solução — aconselha Leo Sagat, professor e Muay Thai.

Após escolher a modalidade, é preciso buscar liberação médica para que a criança possa praticar a atividade. Além disso, é importante que os pais observem se o profissional que ministrará as aulas é capacitado.